Estética Corporal

CARBOXITERAPIA

É uma técnica estética não-cirúrgica, na qual gás carbônico é injetado no tecido subcutâneo utilizando-se um aparelho com uma agulha muito fina. Isso melhora a circulação e oxigenação dos tecidos promovendo benefícios estéticos.

As aplicações mais populares dacarboxiterapia são o combate da celulite, gordura localizada e flacidez. Uma vez que acarboxiterapia também estimularia a formação de colágeno e novas fibras elásticas, ela também pode ser indicada para o tratamento de estrias, olheiras e rejuvenescimento facial e corporal.

Como Funciona?

A sobrecarga do gás ativa a produção de colágeno e promove a vasodilatação, melhorando a oxigenação dos tecidos diminuindo a camada de gordura deixando a pele firme e tonificada.

A melhora sobre elasticidade cutânea é o efeito terapêutico mais precoce que se obtém com o tratamento. Esta deve-se sobretudo ao incremento da perfusão cutânea (aumento da pO2), e conseqüente aumento e melhor distribuição do colágeno.

O gás atua sobretudo na microcirculação vascular do tecido conectivo, promovendo uma vasodilatação e um aumento da drenagem veno-linfática.

O tempo médio de tratamento é de 15 a 30 minutos e a frequência deve ser bissemanal. O número total de sessões varia entre 12 e 20. O paciente pode retornar imediatamente às suas atividades ao fim de cada sessão.

A carboxiterapia apresenta riscos?

Os dermatologistas esclarecem que a utilização correta da carboxiterapianão apresenta riscos nem efeitos colaterais. Porém é fundamental que acarboxiterapia seja feita por médicos capacitados. É possível aparecerem algumas pequenas manchas. A pessoa pode retornar às suas atividades normais ao final de cada sessão de carboxiterapia.

CAVITAÇÃO

O que é a Cavitação em Estética?

É um tratamento revolucionário e inovador que proporciona a redução de volume e de celulite, com resultados visíveis logo desde o primeiro tratamento.
Não é uma lipoaspiração, mas funciona como tal, pois reduz o número de células de gordura no corpo, sem os inconvenientes ou complicações de uma cirurgia.
É indolor, não invasivo, não requer hospitalização nem qualquer tipo de recuperação e é mais barato e mais seguro que a lipoaspiração cirúrgica.

⇒Atenção: Os resultados podem variar de pessoa para a pessoa.

Como funciona a Cavitação?

É utilizada uma tecnologia de ultra-sons que provoca a geração controlada e repetida de microbolhas de vácuo no interior do líquido intersticial (o líquido que está entre as células), provocadas por ultra-sons de baixa frequência. Estas microbolhas implodem (explodem para dentro), num efeito que pressiona o tecido adiposo até romper a membrana das células gordas. Desta forma, libertam-se as gorduras acumuladas sem provocar danos nos tecidos envolventes. Esta gordura vai ser eliminada naturalmente pelo organismo, através do sistema linfático, aparelho urinário e excretor.

O que se sente?

O equipamento dispõe de um cabeçal que é pressionado em movimentos lentos contra a zona do corpo a tratar, fazendo uma ligeira massagem localizada, completamente indolor, confortável e segura. Durante o tratamento, o paciente ouvirá um som agudo, idêntico a um zumbido nos ouvidos (ultra-som), completamente tolerável.

Quais as vantagens e resultados da Cavitação?

Esta revolucionária tecnologia permite-nos reduzir o volume na zona desejada, obtendo uma superfície cutânea e um tecido adiposo mais homogéneo. Os resultados são verdadeiramente surpreendentes e visíveis logo desde o primeiro tratamento, obtendo um adelgaçamento da silhueta (que pode ír até 5 cm/sessão) e uma remodelação corporal.
É um tratamento não somente direccionado para a silhueta feminina, como também para a masculina, podendo ser utilizado em várias áreas corporais com um índice de adiposidade elevado. As zonas mais destacadas são o abdómen, flancos (anca), coxas e glúteos.
Sem a existência de efeitos colaterais, a Cavitação deve ser sempre seguida por uma drenagem que facilitará o encaminhamento dos triglicéridos para as vias linfáticas e para o fígado. Existem vários métodos para drenar imediatamente a seguir a uma Cavitação, tais como, massagem de drenagem linfática, pressoterapia, vacuoterapia, exercício físico ou plataforma vibratória.

A ter em conta durante o tratamento:

Evidentemente que para o tratamento resultar com total eficácia, são recomendados cuidados com a alimentação, nomeadamente, evitar o consumo de alimentos ricos em lípidos (gordura) e açucares. Em suma, deve fazer-se uma dieta alimentar saudável, sem excessos, comendo várias vezes ao dia (de 3h em 3h será o ideal).
Deve beber-se 2 lt de água obrigatoriamente no dia anterior, no próprio dia e no dia seguinte a cada sessão de Cavitação, para ajudar na expulsão da gordura que será libertada para o organismo.
A eficácia do tratamento será maior se se ingerir diariamente, pelo menos 1,5 lt de líquidos (preferencialmente água). Se beber algum líquido drenante, como por exemplo, um chá drenante, estará a potenciar todo o tratamento e obterá ainda maiores resultados, na medida em que conseguirá eliminar mais toxinas do seu metabolismo.
A prática de algum exercício físico também é outro factor importante, uma vez que ajudará o seu corpo a manter-se em boa forma física, evitando novas acumulações de gordura localizada.

Qual a duração do tratamento?

O tratamento tem uma duração variável, de acordo com a zona e grau de adiposidade a tratar, bem como com o metabolismo de cada paciente. Contudo, em média, são realizadas cinco a dez sessões por tratamento.
As sessões são por norma uma vez por semana, a fim de que o organismo elimine a gordura emulsionada, tendo cada uma a duração máxima de 40 minutos de cavitação.

Quais as contra-indicações da Cavitação?

A cavitação está contra-indicada nas seguintes situações: colesterol elevado, diabetes, hipertensão, asma, epilepsia, grávidas ou mulheres que estejam a amamentar, período menstrual, tumor, ter sido submetido a tratamentos de quimioterapia ou radioterapia nos últimos 5 anos, estados febris, caso se sinta mal, existência de alguma infecção no dia do tratamento, problemas de coração, Pacemaker, DIU (caso a zona a tratar seja o abdómen).

DRENAGEM LINFÁTICA MANUAL

A drenagem linfática é um tipo de massagem suave, leve e rítmica que tem por objetivo drenar o excesso de fluido acumulado entre as células que causa edema e retenção de líquido. Esta técnica está indicada para:
celulite,

ok pré e pós-operatório de cirurgias plásticas faciais e corporais,
ok pós lipoaspiração,
ok pós escleroterapia (cirurgia para vasinhos) e cirurgias vasculares,
ok pós- mastectomias (retirada da mama, edemas originados no período gestacional
ok tensão pré-menstrual.
Além disso, é uma técnica muito relaxante e que produz uma sensação enorme de bem-estar. A drenagem produz um efeito muito benéfico no organismo já que, favorece a circulação sanguínea e linfática, melhora as respostas imunes, produz relaxamento das fibras musculares, alivia a tensão e o stress, além disso, é uma terapia muito gostosa e relaxante.
As indicações para a realização de drenagem linfática manual são:
ok Má circulação sangüínea;
ok Má circulação linfática (retenção de líquidos);
ok Pré e pós-operatório de cirurgia plástica;
ok Pós-operatório de mastectomia;
ok Auxílio no tratamento para perda de medidas;
ok Auxílio no tratamento para gestantes;
ok Tratamento de celulite.
Contra-indicações da Drenagem Linfática Manual:
ok Insuficiência renal;
ok Cardiopatia;
ok Câncer;
ok Trombose;
ok Inflamação aguda (pneumonia, febre, etc).
Dentre seus benefícios estão:
ok Redução de edemas;
ok Aumento do grau de hidratação e nutrição da célula;
ok Aumento da velocidade de cicatrização de ferimento;
ok Aumento da capacidade de absorção de hematomas;
ok Melhora do retorno de sensibilidade em cirurgias plásticas;
ok Previne a formação de celulite;
ok Promove relaxamento.

 

VACUOTERAPIA-ENDERMOLOGIA

A vacuoterapia atua mecanicamente nos sistemas circulatórios (venoso e linfático), com a finalidade de regular o equilíbrio hídrico, a circulação de nutrientes e eliminar as toxinas dos tecidos. É uma técnica que pode ser utilizada nos tratamentos faciais e corporais clássicos, assim como, nos períodos pré e no pós-operatório. O uso da vacuoterapia em estética pode e deve, ser associado a outros procedimentos, pois isso tende a aperfeiçoar o resultado do tratamento.
O fisioterapeuta aplica a sucção sobre a parte do corpo a ser tratada, deslizando-a na pele do paciente em direção à circulação linfática. A sucção a vácuo proporciona a sensação de uma massagem forte.

ATUAÇÕES:
Esfoliação e tonificação celular na epiderme, na derme, desfibrosagem e modificação da viscosidade (melhora do aspecto de casca de laranja). Estimulação da lipólise no tecido subcutâneo (hipoderme). Aumento do aporte sanguíneo. Melhor oferta de O2 e nutrição celular. Aumento da eliminação de resíduos tóxicos. Recuperação, manutenção ou melhora da função linfática. Auxílio na redução de edemas e hematomas. Estimulação dos fibroblastos para a produção de colágeno e elastina. Remoção de infiltrados subcutâneos, líquidos intersticiais e nódulos hipodérmicos. Melhora das trocas circulatórias. Revascularização superficial e tonificação vascular. Equilíbrio entre a liberação e absorção de líquidos corporais. Melhora do contorno corporal. Melhora da elasticidade cutânea. Melhor nutrição muscular e tissular. Reorganização da camada adiposa. Atenuação de rugas e melhora do aspecto de cicatrizes, recentes ou não.

 

MASSAGEM TURBINADA

Esta massagem que consiste em movimentos rítmicos, vigorosos e com maior pressão que outras técnicas de massagem; além de serem utilizados cremes específicos. Dentre as manobras utilizadas estão movimentos de amassamento, pinçamento, deslizamento e torcedura, ocorrendo um aumento na circulação sanguínea e modelagem corporal.

Sendo indicada para redução de medidas, gordura localizada e celulite.

banner-estetica-corporal